Florianópolis – BreakdownRecordSnyc

Uma Florianópolis Diferente

setembro, 2011

now browsing by month

 

Especial – Florianópolis 283 anos – PARTE 3/3

No dia do aniversário de Florianópolis, 23 de março, o programa Estado de Excelência fez uma homenagem especial à Ilha da Magia. Longe dos discursos políticos, conversamos com manezinhos – de nascimento ou de coração – para mostrar a transformação pela qual a cidade passou nos últimos anos.

Além de rendeiras e pescadores – os mais tradicionais personagens da ilha -, conversamos com o historiador Gelci José Coelho, o famoso “Peninha”, a escritora Norma Bruno e o jornalista e escritor Salim Miguel.

É a cidade que não se apresenta pra qualquer um que o programa quer mostrar. Não falamos de praia e turismo. Falamos de Franklin Cascaes, do sotaque manezinho que remete ao português falado em 1600 em Portugal, da mudança de nome da cidade em 1894 e do bom humor do Florianopolitano.

Especial – Florianópolis 283 anos – PARTE 2/3

No dia do aniversário de Florianópolis, 23 de março, o programa Estado de Excelência fez uma homenagem especial à Ilha da Magia. Longe dos discursos políticos, conversamos com manezinhos – de nascimento ou de coração – para mostrar a transformação pela qual a cidade passou nos últimos anos.

Além de rendeiras e pescadores – os mais tradicionais personagens da ilha -, conversamos com o historiador Gelci José Coelho, o famoso “Peninha”, a escritora Norma Bruno e o jornalista e escritor Salim Miguel.

É a cidade que não se apresenta pra qualquer um que o programa quer mostrar. Não falamos de praia e turismo. Falamos de Franklin Cascaes, do sotaque manezinho que remete ao português falado em 1600 em Portugal, da mudança de nome da cidade em 1894 e do bom humor do Florianopolitano.

Especial – Florianópolis 283 anos – PARTE 1/3

No dia do aniversário de Florianópolis, 23 de março, o programa Estado de Excelência fez uma homenagem especial à Ilha da Magia. Longe dos discursos políticos, conversamos com manezinhos – de nascimento ou de coração – para mostrar a transformação pela qual a cidade passou nos últimos anos.

Além de rendeiras e pescadores – os mais tradicionais personagens da ilha -, conversamos com o historiador Gelci José Coelho, o famoso “Peninha”, a escritora Norma Bruno e o jornalista e escritor Salim Miguel.

É a cidade que não se apresenta pra qualquer um que o programa quer mostrar. Não falamos de praia e turismo. Falamos de Franklin Cascaes, do sotaque manezinho que remete ao português falado em 1600 em Portugal, da mudança de nome da cidade em 1894 e do bom humor do Florianopolitano.